MIGRAÇÃO DA ESPÉCIE INORGâNICA – Alumínio – DOS UTENSÍLIOS CULINÁRIOS PARA O CEREAL ARROZ

Pedro Paulo Palomino Lúcio, Elisangela Cardoso de Lima Borges

Abstract


Os utensílios culinários sempre estiveram em constante “evoluçãoâ€, buscando praticidade, e nunca importando com o nível de toxicologia. Objetivando-se avaliar a migração de alumínio durante o cozimento do arroz por titulação indireta e FAAS, com extrações em HCl 1,0 e 0,1 mol L-1, amostras de arroz foram cozidas em três diferentes utensílios culinários: panela/colher de alumínio, panela de alumínio/colher de polietileno e panela de vidro/colher de polietileno. Na titulação indireta, não foi detectada diferença estatística pelo uso das diferentes concentrações, embora ocorreu detecções na concentração 0,1 mol L-1, já pela técnica FAAS houve apenas detecção e diferença estatística para panela de alumínio/colher de alumínio.



DOI: https://doi.org/10.14571/cets.v2.n1.27-35



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ