NAS PEQUENAS MUDANÇAS, UM FOSSO ENTRE AS GERAÇÕES

Aline Alves dos Santos, Kamilla Dias Ferreira, Khalila Paes Leme, Nathasha Lorenna Ribeiro Alves, Marilda Rodrigues da Silva Sousa

Abstract


Esse artigo associa a mudança cultural ao comportamento biológico e social das pessoas, apresentando como objeto de estudo, o povo africano, que sofreram com a mudança cultural no passar dos séculos. A busca de identidade, pelo conhecimento e preservação de costumes e hábitos que indicam suas origens, é algo vital para esses povos se sentirem seguros e unidos à seus antepassados. Na visão antropológica, este visionará os seus impactos sofridos, utilizando-se da pesquisa bibliográfica, como a metodologia mais apropriada o objeto de estudo. A conclusão que se chega é a importância dos aspectos culturais e a necessidade de cada um em conhecer suas origens, valorizando o passado, para que as gerações futuras construam sua identidade, sem se esquecer dos seus antepassados e cultura.



DOI: https://doi.org/10.14571/cets.v1.n1.35-47



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ