UM UNIVERSO EM FRONTEIRAS: OLHARES SOBRE A EXPERIÊNCIA ESTÉTICA DE DANÇA DO GRUPO UNIVÉRSICA A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DA MASCULINIDADE- 1973∗

Roberto Rodrigues

Abstract


O presente estudo investiga e analisa as experiências estéticas de dança do Grupo Univérsica, surgido no ano de 1973 em Goiânia, a partir da inserção das figuras masculinas no grupo. Elegeu-se a história como ancoragem para as discussões e incursões críticas da presente pesquisa possibilitando um olhar para o objeto, seu entorno e as múltiplas redes tecidas em temporalidades recortadas propositalmente para o alcance deste estudo. Buscou-se analisar e discutir a constituição de uma masculinidade que escapa às normas e padrões instituídos na sociedade, na dança e na educação Física. Essa constituição se dá, certamente, por traços estéticos como as relações com o corpo, o movimento e a arte diferentes do que se tinha na cidade de Goiânia na época. Posturas artísticas desviantes da oficialidade da arte, da dança e da educação física que habitaram um lugar outro, fronteiriço.



DOI: https://doi.org/10.14571/cets.v8.n2.101-113



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ