PROFESSORS' VIEW ON THE LEARNING POSSIBILITIES OF NURSING AND MEDICINE STUDENTS FROM THE EXPERIENCE IN PROFESSIONAL PRACTICE AND ENCOUNTERED CHALLENGES

Joyce Fernanda Soares Albino Ghezzi, Elza de Fátima Ribeiro Higa, Monike Alves Lemes, Cassia Regina Fernandes Biffe Peres, Maria José Sanches Marin

Abstract


The challenge of training health professionals in Brazil points to the political commitment both to education and to society, as it requires, in addition to technical skills, improvement in the intra and interpersonal process as pointed out in the National Curricular Guidelines. The purpose of this article is to understand the Professors’ perception about the students’ learning of the Nursing and Medical courses included in the Family Health Strategy, and to identify the factors related to the teaching work process in the active learning methodology. This Research based on the presuppositions of Hermeneutics-Dialectics. Ten professors from the Nursing and Medicine courses that followed up students in the professional practice scenario participated of the research. The data were obtained through recorded interviews. From the analyses emerged three nuclei of meaning: Significant and relevant learning; Insecurity for the development of the active methodology and Difficulties in the teaching work. The teachers pointed out the importance of the real scenario for learning and the uncertainties and difficulties of the process. In this sense, these results can subsidize required changes in the educational process.

References


ALBUQUERQUE, V. S. et al. A integração ensino-serviço no contexto dos processos de mudança na formação superior dos profissionais da saúde. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro , v. 32, n. 3, p. 356-362, set. 2008.

ALHARBI, H. et al. The learning preferences among nursing students in the King Saud University in Saudi Arabia: a cross-sectional survey. Nurs Res Pract, London, p. 1-7, May 2017.

ALMEIDA, M. T. C.; BATISTA, N. A. Ser docente em métodos ativos de ensino-aprendizagem na formação do médico. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro, v. 35, n. 4, p. 468-476, dez. 2011.

ALVES, R. M. et al. Estratégias de ensino e aprendizagem no internato hospitalar de enfermagem de um currículo integrado. Rev. Enferm. UFPE on line, Recife, v. 11, n. 11, p; 4289-4297, nov. 2017.

AYRES, J. R. C. M. Hermenêutica e humanização das práticas de saúde. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 10, n. 3, p. 549-560, set. 2005.

BATISTA, K. B. C.; GONÇALVES, O. S. J. Education of health professionals for the SUS: meaning and care. Saude Soc., São Paulo , v. 20, n. 4, p. 884-899, dez. 2011.

BERBEL, N. A. N. A problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface (Botucatu), Botucatu, v. 2, n. 2, p. 139-154, fev. 1998.

BORGES, M. C. et al. Aprendizado baseado em problemas. Medicina (Ribeirão Preto), Ribeirão Preto, v. 47, n. 3, p. 301-307, nov. 2014.

CANEVER, B. P. et al. Process of training and insertion in the labor market: a vision of nursing graduates. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v. 35, n. 1, p. 87-93, mar. 2014.

CHIESA, A. M. et al. A formação de profissionais da saúde: aprendizagem significativa à luz da promoção da saúde. Cogitare Enfer., Curitiba, v. 12, n. 2, p. 236-240, abr./jun. 2007.

CUNHA, M. I. Docência na universidade, cultura e avaliação institucional: saberes silenciados em questão. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 258-271, ago. 2006.

DAVID, H. L.; CAMARGO JÚNIOR, K. R. Primary care evaluation practices: pedagogy of problematizing revisited. Rev. Enfer. UERJ, Rio de Janeiro, v. 21, n. 5, p. 677-681, dez. 2013.

DEHGHANZADEH, S.; JAFARAGHAIE, F. Comparing the effects of traditional lecture and flipped classroom on nursing students' critical thinking disposition: A quasi-experimental study. Nurse Educ. Today, Edinburgh, v. 71, n. 1, p. 151-156, Dec. 2018.

DIAS, H. S. A.; LIMA, L. D. D.; TEIXEIRA, M. A trajetória da política nacional de reorientação da formação profissional em saúde no SUS. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 18, n. 6, p. 1613-1624, jun. 2013.

ELLIS, K. K.; ANDERSON, K. M.; SPENCER, J. R. The living family tree: bridging the gap between knowledge and practice in a family nurse practitioner program. J. Nurse Pract., Amsterdam, v. 11, n. 5, p. 487-492, May 2015.

ESCRIVÃO FILHO, E.; RIBEIRO, L. R. C. Aprendendo com PBL: aprendizagem baseada em problemas: relato de uma experiência em cursos de engenharia da EESC-USP. Minerva, São Carlos, v. 6, n. 1, p. 23-30, 2008.

[Informações omitidas para fim de avaliação]. Projeto pedagógico do curso de medicina. [Informações omitidas para fim de avaliação] (SP): [Informações omitidas para fim de avaliação], 2014.

[Informações omitidas para fim de avaliação]. Necessidades de Saúde 2 e Prática Profissional 2- 2ª série dos Cursos de Medicina e Enfermagem. [Informações omitidas para fim de avaliação] (SP): [Informações omitidas para fim de avaliação], 2016.

FARIAS, P. A. M.; MARTIN, A. L. A. R.; CRISTO, C. S. Aprendizagem ativa na educação em saúde: percurso histórico e aplicações. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro, v. 39, n. 1, p. 143-150, mar. 2015.

FERNANDES, C. R. et al. Ensino de emergências na graduação com participação ativa do estudante. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro, v. 38, n. 2, p. 261-268, jun. 2014.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 47. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2013.

GADAMER, H. G. Verdade e método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

GHEZZI, J. F. S. A. et al. Aprendizagem no cenário real na perspectiva docente. In: COSTA, A. P. et al. CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA. Atas eletrônicas... Fortaleza: Ludomedia, 2018. v. 1. p. 629-638, jun. 2018.

GONZÁLEZ LÓPEZ, J. et al. Aprendizaje basado en problemas en enfermeria comunitaria I: desempeño discente en la Universidad de Sevilla. Rev. Enfer. UERJ, Rio de Janeiro, v. 19, n. 4, p. 519-523, out.-dez. 2010.

GONZÁLEZ-HERNANDO, C. et al. Evaluación por los estudiantes al tutor de enfermería en el contexto del aprendizaje basado en problemas. Enferm. Univ., México, v. 12, n. 3, p. 110-115, ago. 2015.

HIGA, E. F. R. et al. Compreensão sobre o Núcleo de Desenvolvimento Docente na graduação em saúde. In: COSTA, A. P. et al. CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA. Atas eletrônicas... Fortaleza: Ludomedia, 2018. v. 1. p. 447-457, jun. 2018.

HOLLAND, C.; ULRICH, D. Critical thinking cards: An innovative teaching strategy to bridge classroom knowledge with clinical decision making. Teach. Learn. Nurs. Amsterdam, v. 11, n. 3, p. 108-112, jul. 2016.

HOLLOWAY, I.; WHEELER, S. Qualitative research in nursing and healthcare. 3. ed. United Kingdom: Wiley-blackwell, 2010.

IGNOTTI, B. S. et al. Structuring nursing internship from interns' perspective. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro, v. 38, n. 4, p. 444-450, jan. 2014.

KHAN, B. A. et al. Students' perceptions of clinical teaching and learning strategies: a Pakistani perspective. Nurse Educ. Today, Edinburgh, v. 32, n. 1, p. 85-90, jan. 2012.

LIN, C. C. et al. The teaching-learning approach and critical thinking development: a qualitative exploration of taiwanese nursing students. J. Prof. Nurs., Philadelphia, v. 31, n. 2, p. 149-157, mar.-abr. 2015.

MARIN, M. J. S. et al. Aspectos das fortalezas e fragilidades no uso das metodologias ativas de aprendizagem. Rev. Bras. Educ. Med, Rio de Janeiro, v. 34, n. 1, p. 13-20, mar. 2010.

MESQUITA, S. K. C.; MENESES, R. M. V.; RAMOS, D. K. R. Metodologias ativas de ensino/aprendizagem: dificuldades de docentes de um curso de enfermagem. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 473-486, ago. 2016.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 13. ed. São Paulo (SP): Hucitec, 2013.

MINAYO, M. C. S. Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Rev. Pesqui. Qualitativa, São Paulo, v. 5, n. 7, p. 1-12, abr. 2017.

MITRE, S. M. et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 2133-2144, jan. 2008.

PARANHOS, V. D.; MENDES, M. M. R. Competency-based curriculum and active methodology: perceptions of nursing students. Rev. Latinoam. Enferm., Ribeirão Preto, v. 18, n. 1, p. 109-115, fev. 2010.

PEDUZZI, M. Trabalho em equipe de saúde no horizonte normativo da integralidade, do cuidado e da democratização das relações do trabalho. In: PINHEIRO, R.; MATTOS, R. A.; BARROS, M. E. B. Trabalho em equipe sob o eixo da integralidade: valores, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Abrasco, 2010. p. 161-177.

PERES, C. R. F. B. et al. Current challenges in nursing education: the professor’s perspective. Rev. Rene, Fortaleza, v. 19, p. e3160, jan. 2018.

PERES, C. R. F. B. et al. A dialectical view of curriculum changes in nursing training. Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo, v. 52, n., p. e03397, jan. 2018.

SCHLEIERMACHER, F. D. E. Hermenêutica: arte e técnica da interpretação. Petrópolis: Vozes, 1999.

SOUZA, C. S.; IGLESIAS, A. G.; PAZIN-FILHO, A. Estratégias inovadoras para métodos de ensino tradicionais – aspectos gerais. Medicina (Ribeirão Preto), Ribeirão Preto, v. 47, n. 3, p. 284-289, jun. 2014.

VALENÇA, C. N. et al. Articulating theory and practice in health education in face of the Unified Health System. Rev. Enferm. UERJ, Rio de Janeiro, v. 22, n. 6, p. 830-835, nov./dez. 2014.

VANNUCHI, M. et al. O internato de enfermagem no currículo integrado. In: KIKUCHI, E.; GUARIENTE, M. (Org.). Currículo integrado: a experiência do curso de enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Londrina: UEL, 2012. p. 176- 192.




DOI: https://doi.org/10.14571/brajets.v12.n3.313-322



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ