The Transforming Action of Female-Authored Tales in Ccontemporary Brazilian Society from the Pedagogical-Interventive Perspective of Conceição Evaristo

Authors

Abstract

The contemporary tale of female authorship appears in Brazilian literature as a literary instrument capable of altering the status quod of the human being as an individual, thus contributing to human improvement. It appears and manifests itself as a cause and effect of social transformation: first, it assumes the claim of feminine writing itself that seeks its place in the pantheon of literature; in a second moment, like leaven, it raises the dough that stubbornly creates resistance to change and gradually expands the transformative possibilities that feminine writing is capable of operating in society, making her, perhaps, more aware of herself, of its essentially dialogical nature. The expression and valorization of the Brazilian short story is a sufficiently clear symptom of the appearance of a dialogue that is born in the intertext of female literature and manifests itself in the format of a dynamic plan capable of putting the whole man and woman on the route of a new axiology anchored in values tallest people who rise up in the fierce defense of a well-educated people capable of putting their country on the rail of development: women's literature will be, for the short story, not an end that ends in itself, but the privileged means of launching the good seed and hope that the harvest will translate into the birth of a more just, more fraternal society, anchored in humanitarian foundations.

Author Biographies

Levi Leonido Silva, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Vila Real

Professor Auxiliar da Escola das Ciências Humanas e Sociais da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. É Mestre e Doutor em Educação pela Universidade de Salamanca. Desenvolveu estudos de Pós-doutoramento na Universidade de Coimbra (2009-11) e na Universidade de Santiago de Compostela (2007). Membro do CITAR (Centro de Investigação em Ciência e Tecnologias da Artes da Universidade Católica Portuguesa. Diretor da Revista Europeia de Estudos Artísticos (European Review of Artistic Studies). Tem desenvolvido uma regular atividade investigativa no domínio da Artes e Educação com especial enfoque na criação / direção artística e na orientação de trabalhos de investigação avançada (mestrado, doutoramento e pós-doutoramento).

João Bartolomeu Rodrigues, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, UTAD

Professor Auxiliar da Escola de Ciências Humanas e Sociais, na UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro). Nesta instituição foi membro do Conselho Pedagógico, membro da Assembleia e membro do Senado. É atualmente membro do Conselho científico da Escola de Ciências Humanas e Sociais. A principal área de investigação centra-se no âmbito da Educação e Cultura, pese embora os seus interesses se repartam por múltiplos campos, em torno das questões que vão desde a História e Cultura Portuguesa até à Filosofia da Educação. É Investigador do Centro de Investigação Transdisciplinar de Letras, do UTAD e Sócio fundador da Sociedade de Filosofia da Educação de Língua Portuguesa. É Autor de uma extensa bibliografia, onde o seu nome figura como autor e coautor de alguns livros e múltiplos artigos publicados em revistas nacionais e internacionais. Faz parte da direção de vários cursos da UTAD, onde se destaca o Curso de doutoramento em Ciências da Educação. Orientou várias dissertações de metrado Mestrado e Doutoramento e acompanha de perto um pós-doutoramento, no âmbito da supervisão pedagógica. Tem participado na organização de eventos internacionais, bem como Congressos, no âmbito da Educação e da Cultura.

Elsa Gabriel Morgado, Universidade Católica Portuguesa, UCP

Investigadora Auxiliar Convidada do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos da Universidade Católica – Braga; Investigadora de pós-Doutoramento na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. É Doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Mestre em Biologia e Geologia (para o ensino); Especializada em Educação Especial (domínio Cognitivo e Motor) e Licenciada em Biologia e Geologia (ensino de). Tem desenvolvido uma regular atividade e investigativa no domínio das Ciências da Educação; Educação Especial; Supervisão Pedagógica e Estágio de Inserção Profissional.

References

ABAGNANO, N., & VISALBERG, A. (1957). História da Pedagogia. Lisboa: Livros horizonte.

BIANCHI, J. J. P. (2001). A Educação e o Tempo - três ensaios sobre a História do Currículo Escolar. Piracicaba: Editora UNIMEP.

BÍBLIA DE JERUSALÉM (1993). S. Paulo: Edições Paulinas.

BLANCO, R. (1930). Enciclopédia Pedagógica. (Tomo I, 2.a ed.). Madrid: Editorial Harnando.

CARDOSO, L. (2006). Aleitamento materno: uma prática de educação para a saúde no âmbito da enfermagem obstétrica. (Dissertação de Mestrado em Educação, Especialização em Educação para a saúde). Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho. Braga.

CASOTTI, M. (1924). Didattica. Brescia: La Scuola.

CASTIELLO, J. (1946). Une Psychologie humaine de l'éducation. Paris: Castermam.

COHN, J. (1944). Pedagogia fundamental. Buenos Aires: Editorial Losada S.A.

CRONBACH, L. J. (1965). Psicologia educative. México: Pax-Mexico.

DEWEY, J. (1957). La ciência de la educación. Buenos Aires: Editorial Losada S.A.

JAMES, W. (1924). Psicología pedagógica. Madrid: Daniel Jorro Editor.

LEONIDO, L., RODRIGUES, J., & MORGADO, E. (2018). Entre a parábola e o conto: Jesus um contador de histórias. Horizonte, 16(51), 1415 – 1429. doi:10.5752/P.2175-5841.2018v16n51p

LLULL, R. (1933). Libro de los Proverbios. Madrid: Ed. S. Garcías Palou.

LÓPEZ, J. (1983). Catecumenado. In: S. FIORES, NUEVO Diccionario de Espiritualidad. Madrid: Ediciones Paulinas.

GIL, D. P., & MARTÍNEZ, J. T. (1987). Los Programas – guía de actividades: Una concreción del modelo construtivista da aprendizaje de las Ciências. Investigación en la Escuela, 3, p. 3-12.

MERCIER, D. J. (1935). Metafísica General u Ontoloía, III. Madrid: Nueva Biblioteca Filosófica, 1935.

MIRGUET, V. (1910). L'éducation de la jeunne fille contemporaine. Bruxelas: Rossel.

OVERBERG, B. (1987). Manuel de Pédagogie ou Guide de l'Instituteur. Liège: L. Grandmont-Donders.

ROUSSEAU. J. J. (1979). Émilie ou De l´éducation. Paris: Difel, Difusão Editorial S. A. Editions Garnier Frères.

SANVISENS, A. (coord.) (1984). Introducción a la pedagogía. Barcelona: Barcanova.

SPENCER, H. (1928). Essays on Education. London: J. M. Dent/J. M. Dent Everyman Library.

WILDER, A. N. (1971). Early christian rhetoric. The language of the gospel. London: Mac Millan.

WITTGENSTEIN, L. (1963). Philosophical Investigations. (Vol. II). Oxford: Basil Blackwell.

Published

2022-03-20

Issue

Section

Article