SOLID WASTE CONSTRUCTION, BOTTLENECKS AND OPPORTUNITIES: AN EMPIRICAL STUDY OF ITS MANAGEMENT

Maria Socorro Duarte da Silva Couto, Andréa Rodrigues da Cunha Naves, Elio Augusto Fraga

Abstract


The materials used in construction, renovations, new construction and repairs, come from the extraction of natural resources, which are processed into products. Its remains, pieces and residues are usually discarded losses, despite having good potential for reuse or recycling. This article is based on a study on construction sites in the city of Goiânia, focusing on waste management of construction and demolition, in order to identify bottlenecks and opportunities for the reuse and recycling of waste generated in order to provide subsidies that contribute in decision-making to improve management at construction sites, but also in other sectors involved, such as the municipality, transport and destining in order to reconcile economic and social development, together with sustainability, exerting commitment to citizenship environmental.

References


ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10004: resíduos sólidos: classificação. Rio de Janeiro, 2004.

BLUMENSCHEIN, R. N. A sustentabilidade na cadeia produtiva da indústria da construção. 2004. 249 p. Tese (Doutorado) - Centro de Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Brasília, Brasília, 2004.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 05 de outubro de 1988. Brasília, DF, 1988. Disponível em:

upload/42/File/CONSTITUI%C3%87%C3%83O%20REP%C3%9ABLICAFEDERATIVABRASIL.pdf>. Acesso em: 11 jul. 2013.

CONAMA. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente. Resolução nº. 307, de 5 de julho de 2002. Brasília, DF, 2002. Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2013.

CONAMA. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente. Resolução nº. 431, de 24 de maio de 2011. Brasília, DF, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2013.

CABRAL, A. E. B.; MOREIRA, K. M. V. Manual sobre os resíduos sólidos da construção civil. Fortaleza: Sinduscon CE, 2011.

HENDRIKS, CH. F., MIJKERK, A. A., VANEOPPEN, A. E. O ciclo da construção. Tradução de: Claudia Naves David Amorim e Rosana Stockler Campos Clímaco. Brasília: UNB, 2007. 250p.

JADOVSKI, I. Diretrizes técnicas e econômicas para usinas de reciclagem de resíduos de construção e demolição. Porto Alegre, 2005, 177 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do rio Grande do Sul.

MORALES, A. G. A formação do profissional educador ambiental: reflexões, possibilidades e constatações. 2.ed. Ponta Grossa: UEPG, 2012.

PINTO, T. P. Metodologia para a gestão diferenciada de resíduos sólidos da construção urbana. 1999, 190 p. Tese (Doutorado). Departamento de Engenharia de Construção Civil, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.

SILVA, L. M. Gestão de resíduos da construção civil: dificuldade para implementação do plano integrado de gestão de resíduos no município de São Leopoldo. 2011. 88p. Monografia (Graduação). Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

VEIGA, R. M. Subsídios para elaboração de plano de gerenciamento de resíduos da construção e demolição. 2007, 212 p. Dissertação (Mestrado). Departamento de Ciências Econômicas, Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2007.




DOI: https://doi.org/10.14571/cets.v9.n2.305-318



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ