THE DIGITAL PRESENCE ON THE MARKET INSTAGRAM ADIDAS IN 2017

Taís Steffenello Ghisleni, Nathane Spencer Trindade

Abstract


This project analyzes the digital presence of Adidas Brasil and Adidas Originals in 2017 on Instagram, covering the period of June and July of 2017. In this period, we analyzed how the brand develops its communication, mapping the characteristics and their differences on Instagram. The communication strategy most used by the brand Adidas Brasil and Adidas Originals was identified, as well as the brand operates in each profile. It was analyzed in which phase of the digital presence each profile is acting (STRUTZEL, 2015) and finalizing, it is presented which social media generates more engagement for the brand, through a qualitative/quantitative research, using the content analysis. Adidas Brasil and Adidas Originals use testimonial and information strategies through their publications on Instagram profiles. This work concludes that the two profiles are not at all stages of the digital presence, but Adidas Originals is the one that generates more engagement with the public.

References


AAKER, David A. Marcas: brandequity: gerenciando o valor da marca. 12. ed. São Paulo: Elsevier, 1998.

ADIDAS BRASIL. Facebook. Disponível em: Acesso em 24 abr. 2017.

ALECRIM, Emerson. Instagram ganha "modo história" semelhante ao do Snapchat. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2007.

BRAGA, Dafne. Instagram Stories agora exibe anúncios e passa a ter métricas específicas para empresas. Marketing de Conteúdo. 11/02/2017. Disponível em: Acesso em 18 out. 2017.

BLOG DO CURIOSO. Histórias das logos: Adidas, Nike e Reebok. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2017.

BRASIL ECONÔMICO. Instagram X Facebook: tire dúvidas sobre qual rede social apostar nos negócios. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2017.

BOARETTO, Mariana. Anúncios no Instagram: como funciona, quanto custa e como anunciar? WSI. 29/05/2015. Disponível em: Acesso em 30 maio 2017.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DICIONÁRIO de símbolos. Símbolo da Adidas. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2017.

EXAME. 3 motivos para sua empresa estar nas redes sociais. Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

FERNANDES, Bruno Henrique Rocha; BERTON, Luiz Hamilton. Administração Estratégica: da competência empreendedora a avaliação de desempenho. São Paulo: Saraiva, 2005.

FILHO, Adalberto. Adidas quer dobrar participação nas redes sociais até 2017. Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

GABRIEL A, Martha. Estratégias digitais de marketing. Disponível em: Acesso em: 13 mar. 2016.

GOOGLE ADWORDS. Disponível em: Acesso em: 20 abr. 2017.

GUIA dos curiosos. UOL. Disponível em: http://guiadoscuriosos.uol.com.br/blog/2011/08/25/historia-das-logos-adidas-nike-e-reebok> Acesso em 30 out. 2017.

INSTAGRAM. Disponível em: Acesso em 30 maio 2017.

KAPFERER, Jean-Nöel; LAURENT, Gilles - La sensibilitéaux marques. In KAPFERER, J.; LAURENT, G.(ed.) - La Marque, Moteur de laCompétitivitédesEntreprises et de laCroissance de l'Économie, Paris: McGraw-Hill, 1989. p. 93-124.

KARSAKLIAN, Eliane. Comportamento do consumidor. 2. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2011.

KLEIN, Naomi. Sem logo. Rio de Janeiro: Record, 2002.

KLEIN, Naomi. Sem logo. Rio de Janeiro: Record, 2002.

FABULOSA Ideia. Mensure o engajamento de seus fãs. 20/03/2013. Disponível em: Acesso em 11 jun. 2017.

IMPLANTANDO MARKETING. Qual a importância das marcas? Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

INSTAGRAM Empresas. Desenvolva seu negócio no Instagram. Disponível em: < https://business.instagram.com/advertising/#types> Acesso em 24 abr. 2017.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi (Colab.). Marketing interativo: a utilização de ferramentas e mídias digitais. São Paulo: Saint Paul, 2010.

LEMOS, André. Anjos Interativos e Retribalização do mundo. Sobre Interatividade e Interfaces Digitais. Disponível em: Acesso em 23 out. 2017.

LI, Charlene. Liderança aberta: as mídias sociais transformam o modo de liderarmos. São Paulo, SP: Évora, 2011.

LUPETTI, Marcélia. Gestão Estratégica da Comunicação Mercadológica. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

MARKETING de conteúdo. Enquetes no Instagram Stories: Novidade promete aumentar interação entre marcas e seguidores. Disponível em: < https://marketingdeconteudo.com/enquetes-no-instagram-stories/> Acesso em 23 out. 2017.

MEIO E MENSAGEM. A revolução da mídia e a evolução nos investimentos. Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

MEIO E MENSAGEM. Estudo revela horários de picos nas redes sociais. Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem:understanding media. São Paulo: Cultrix, 1964.

MICHEL, Maria Helena. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 2005.

MINTZBERG, Henry; QUINN, James Brian. O Processo da Estratégia.3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

NOME Marketing. Para que serve o instagram?Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2017.

PEÓN, Maria Luísa, Sistemas de identidade visual / Maria Luísa Peón. Rio de Janeiro: 2AB, 4Ëš ed. 2009.

PÉREZ, R. Estratégias de Comunicación. Barcelona: Ariel, 2008.

PEREZ, C. & BARBOSA, I. S. (org.). Hiperpublicidade 1: fundamentos e interfaces. São Paulo: Cengage Learning, 2007.

PINHEIRO, Roberto M; CASTRO, Guilherme C. et all. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

PINHO, José. O poder das marcas. São Paulo: Summus, 1996.

PINHO, J.B. Comunicação em Marketing. Campinas: Papirus, 2001.

RECUERO, Raquel. Mídia x Rede Social. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2017.

RECUERO, Raquel. Redes Sociais na Internet. 2ª ed. Porto Alegre: Sulina, 2011.

RECUERO, Raquel. Mídia x Rede Social. 10/11/2010. Disponível em: . Acesso em: 11 de Abril de 2017.

REZ, Rafael. Marketing de Conteúdo. A moeda do século XXI. São Paulo: DVS Editora, 2016.

REZENDE, Eliana. Curadoria de Conteúdos: O que é? Quem faz? Como faz?. Disponivel em: https://www.linkedin.com/pulse/20140629133857-125837292-curadoria-de-conte%C3%BAdos-o-que-%C3%A9-quem-faz-como-faz/>. Acesso em: 6 dez. 2017.

SAAD, Beth. Estratégias 2.0 para a mídia digital: internet, informação e comunicação. São Paulo: Editora Senac, 2003.

SANTAELLA, Lucia. Comunicação e pesquisa. Projetos para mestrado e doutorado. São Paulo: Hacker, 2001.

SANT’ANNA, Armando. Propaganda: teoria, técnica e prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2009.

SAUAIA, Antônio Carlos; SYLOS, Andréa de Lima. Plano empresarial em 4 etapas. São Paulo: Cadernos de Pesquisas em Administração, 2000.

SILVÉRIO, Ana Paula Maiochi. O poder das redes sociais: fazendo marketing em redes sociais. In: LAS CASAS, Alexandre Luzzi (Coord.) Marketing interativo: a utilização de ferramentas e mídias digitais. São Paulo: Saint Paul Editora, 2010.

STRUTZEL, Tércio. Presença Digital: estratégias eficazes para posicionar sua marca pessoal ou corporativa na web. Rio de Janeiro: Alta Books, 2015.

TELLES, André. A revolução das mídias sociais. Cases, conceitos, dicas e ferramentas. São Paulo: M.Books do Brasil Editora Ltda, 2011.

VIEGAS, Antonio. Estratégia de Branding: gestão da unificação de marcas. Estudo de caso da Anhanguera Educacional. São Paulo: PUCSP, 2009. Disponível em: Acesso em: 21 abr. 2017.




DOI: https://doi.org/10.14571/brajets.v12.n4.335-353



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ