THE SCIENTIFIC PRODUCTION IN FEDERAL INSTITUTES: THE CASE OF IFSULDEMINAS, BRAZIL

Clayton Silva Mendes, Thales Haddad Novaes Andrade

Abstract


Knowledge in Science and Technology has become popular and the scientific literacy of students since elementary education has been discussed and adopted by several countries, among them Brazil. The Scientific initiation has been a useful tool for the advancement of this literacy, as well as the implementation of Federal Institutes that focus on basic, technical and technological education allied to scientific research. Thus, this work aimed to identify the types of research carried out at these levels of education through the Federal Institute of the South of Minas Gerais (IFSULDEMINAS), in its region of coverage. Through a descriptive research and through a database of the institution with information about the researches, software was used to aid in the classification and analysis of the data. Therefore, it was possible to identify that the predominant area is agrarian science, with a focus on soil and coffee studies.

References


AMM - ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE MUNICÍPIOS (Belo Horizonte). Caracterização econômica das regiões de planejamento. Disponível em: https://portalamm.org.br/caracterizacao-economica-das-regioes-de-planejamento/. Acesso em: 27 dez. 2018.

ANDRADE, A. M. R. de. Ideais políticos. A criação do Conselho Nacional de Pesquisas. Parcerias Estratégicas. v. 11, p. 221-42. jun. 2001

ANDRADE, Maria Margarida de. Como preparar trabalhos para cursos de pós-graduação: noções práticas. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

APPOLINÁRIO, Fabio. Dicionário de Metodologia Científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011. 295p.

BARREIRA, Ieda de Alencar. A pesquisa em enfermagem no Brasil e sua posição em Agência Federal de Fomento. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 1, n. 1, p. 51-57, jan. 1993. ISSN 1518-8345. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rlae/article/view/1091/1105. Acesso em: 18 jul. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11691993000100007.

BRASIL. Lei nº 1310, de 15 de janeiro de 1951. Cria o Conselho Nacional de Pesquisas, e dá outras providências. Rio de Janeiro, 29 dez. 1950. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/LEIS/1950-1969/L1310.htm. Acesso em: 23 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 11892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, 30 dez. 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm. Acesso em: 23 jul. 2018.

BRASIL. MEC/SETEC. Expansão da Rede Federal. 2018. Disponível em: http://redefederal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal. Acesso em: 23 jul. 2018.

BRASIL. MEC/SETEC. Institutos Federais de Ciência, Educação e Tecnologia: concepção e diretrizes. 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf3/ifets_livreto.pdf. Acesso em: 25 ago. 2017.

BOURDIEU, Pierre. O campo científico. In: ORTIZ, Renato (org.). Pierre

Bourdieu: Sociologia. Trad. de Paula Montero e Alícia Auzmendi. São Paulo:

Ática, 1983, p.122- 155.

CASANOVA, P. As novas ciências e as humanidades. São Paulo, Boitempo, 2006.

CECCON, Paulo Roberto. IFSULDEMINAS: DA CRIAÇÃO AOS IMPACTOS DA EXPANSÃO. 2017. 137 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Educação, Universidade do Vale do Sapucaí, Pouso Alegre, 2017.

CGEE - CENTRO DE GESTÃO E ESTUDOS ESTRATÉGICOS. A formação de novos quadros para CT&I: avaliação do programa institucional de bolsas de iniciação científica (Pibic). Brasília: Athalaia, 2017. 44p.

CNPq. Apresentação. Disponível em: http://cnpq.br/apresentacao. Acesso em: 23 jul. 2018.

CNPq. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio - PIBIC- EM. Disponível em: http://memoria.cnpq.br/pibic-ensino-medio. Acesso em: 23 jul. 2018.

CNPq. Programas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica. Disponível em: http://memoria.cnpq.br/web/guest/piict. Acesso em: 23 jul. 2018.

COLLINS, H.; EVANS, R. Repensando a expertise. Belo Horizonte, Fabrefactum, 2010.

COSTA, Airton. O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PESQUISADORES: ANÁLISE DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA NO PERÍODO DE 1990 A 2012. 2013. 204 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.

DEMO, Pedro. Introdução à Metodologia da Ciência. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1985.

DIAS, Rafael de Brito. Sessenta anos de política científica e tecnológica no Brasil. Campinas: Editora da Unicamp, 2012. 256 p.

DOMINGOS, Manuel. A Trajetória do CNPq. Acervo, [S.l.], v. 17, n. 2 jul-dez, p. 19-40, dez. 2011. ISSN 22378723. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/159/159. Acesso em: 18 Jul. 2018.

FERREIRA, Cristina Araripe et al (Org.). Juventude e iniciação científica: políticas públicas para o ensino médio. Rio de Janeiro: EPSJV, UFRJ, 2010. 238 p.

JUNG, Heyjie; MAH, Jai S.. The Role of the Government in Science and Technology Education of Korea. Science, Technology And Society, [s.l.], v. 19, n. 2, p.199-227, 30 jun. 2014. SAGE Publications. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/0971721814529877. Acesso em 25 set. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1177/0971721814529877.

KERBAUY, M. T. M.; ANDRADE, T. H. N.; HAYASHI, C. R. M. (org.). Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil. Campinas: Alínea, 2012.

LAGE, Maria Campos. Utilização do software NVivo em pesquisa qualitativa: uma experiência em EaD. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, v. 12, p.198-226, abr. 2011.

MARTINS, Thais Joi. DESEJO, NECESSIDADE E REALIDADE: OS MARCADORES CULTURAIS E ECONÔMICOS E SUAS IMPLICAÇÕES OCUPACIONAIS PARA O GRUPO PROFISSIONAL DE ENGENHEIROS DE PRODUÇÃO NO BRASIL. 2015. 446 f. Tese (Doutorado) - Curso de Ciência Política, Ciências Sociais, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

MEDEIROS, Cristina Carta Cardoso de. A TEORIA SOCIOLÓGICA DE PIERRE BOURDIEU NA PRODUÇÃO DISCENTE DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO NO BRASIL (1965-2004). 2007. 366 f. Tese (Doutorado) - Curso de Pós-graduação em Educação, Departamento de Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

OLIVEIRA, Adriano de; BIANCHETTI, Lucídio. Iniciação Científica Júnior: desafios à materialização de um círculo virtuoso. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, [s.l.], v. 26, n. 98, p.133-162, mar. 2018. FapUNIFESP (SciELO). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362018000100133&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 25 set. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002600952.

PERES, F. Z. O. et al. Os Institutos Federais, a Ciência e Tecnologia: e a Sociedade? XL Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Belém, set. 2012.

PREMEBIDA, Adriano; NEVES, Fabricio Monteiro; ALMEIDA, Jalcione. Estudos sociais em ciência e tecnologia e suas distintas abordagens. Sociologias, Porto Alegre, jan/abr. 2011, p. 22-42.

ROBINSON, Michael; OCHS, George T.. Determining Why Students Take More Science Than Required in High School. Bulletin Of Science, Technology & Society, [s.l.], v. 28, n. 4, p.338-348, 17 jun. 2008. SAGE Publications. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/0270467608319637. Acesso em 25 set. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1177/0270467608319637.

ROY, Rustum. Real Science Education: Replacing "PCB" with S(cience) through-STS throughout All levels of K-12: "Materials" as One Approach. In: KUMAR, David D.; CHUBIN, Daryl E.. Science, Technology, and Society: A Saurcebaak an Research and Practice. New York: Plenum Publishers, 2000. Cap. 1. p. 9-19.

SOUSA, Isabela Cabral Félix de. Os egressos do Programa de Vocação Científica do Rio de Janeiro e suas concepções sobre trabalho. Ciência em Tela, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p.1-9, 2010. Disponível em: http://www.cienciaemtela.nutes.ufrj.br/artigos/0110_cabral.pdf. Acesso em: 20 jul. 2018.

TRIVIÑOS, Augusto Nivaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Altas, 1987.

VARGAS, Diego da Silva; SOUSA, Isabela Cabral Félix de. As práticas de letramento do Programa de Vocação Científica da Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (Provoc/Fiocruz): trabalho, ciência e formação identitária. Revista Electrónica de Enseñanza de Las Ciencias, [s.i], v. 10, n. 1, p.40-63, 2011. Disponível em: http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen10/ART3_Vol10_N1.pdf. Acesso em: 01 jul. 2018.




DOI: https://doi.org/10.14571/brajets.v13.n2.238-247

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ