HOME CARE OF THE NEWBORN AT RISK: MATERNAL PREPARATION FOR HEALTH PROMOTION

Fernanda Jorge Magalhães, Karla Maria Carneiro Rolim, Mirna Albuquerque Frota, Suzane Passos de Vasconcelos, Izabela de Sousa Martins, Ana Valeska Siebra e Silva

Abstract


The objective was to identify maternal doubts about the care of the newborn (NB) at home and the importance of follow-up consultation using strategies for the preparation of mothers in the promotion of home health. Descriptive, qualitative study in Fortaleza-Ceará-Brazil. A semi-structured interview was carried out containing maternal / child identification data and questions related to the maternal preparation for the hospital discharge of the newborn and the organization of educational workshops for maternal guidance regarding the care and follow-up of the newborn at home. The data were analyzed according to the pertinent reading, organized and presented in tables and speeches extracted from the interviews, with the support of a qualitative analysis software, called webQDA®, being presented in textual discussions. It was verified the need for greater training and sensitization of the nursing team in the maternal preparation for hospital discharge and in the optimization of care and improvement in the quality of life of the preterm newborn.

References


Azevedo, M., Cunha, M.L.C. (2013). Fatores associados ao aleitamento materno exclusivo em prematuros no primeiro mês após a alta hospitalar. Revista HCPA.33(1):40-9. Disponível em:

http://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/37653/25670

Brasil, Ministério da Saúde. (2002). Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso: método canguru. Brasília-DF.

Brasil. Ministério da Saúde. (2012). Conselho Nacional de Saúde. Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisa Envolvendo Seres Humanos. Brasília, DF.

Cabral, I.E., Moraes, J.R.M.M. & Santos, FF. (2003). O egresso da terapia intensiva neonatal de três instituições públicas e a demanda de cuidados especiais. Esc Anna Nery Rev. Enferm, 7(2): 211-18.

Castro, A.C.O, Duarte, E.D, Diniz, I.A. (2017). Intervenção do enfermeiro à s crianças atendidas no ambulatório de seguimento do recém-nascido de risco. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, 7: e1159.

Costa, D.G., Chaga, G.M.S., Souza, N.R. (2009). Educação em saúde para mães em uma unidade de terapia intensiva neonatal. Ciência et Praxis. 2(3):37-40.

Gurgel, E.P.P. & Rolim, K.M.C. (2005). A primeira visita da mãe à unidade de terapia intensiva neonatal: o acolhimento como promoção ao cuidado humano. Rev. RENE, 6(2): 63-71.

Ivo, R.S., Ribeiro, L.M., Leon, C.G.R.M.P. et al. (2017). Percepção materna e construção de um material educativo sobre fototerapia. Rev enferm UFPE on line. 11(3):1207-15.

Magalhães, F.J., Rolim, K.M.C., Silva, I.S., Vasconcelos, S.P., Frota, M.A., Silva, A.V.S., Preparação materna para a promoção da saúde no acompanhamento domiciliar do recém-nascido de risco. In: 6º Congresso Ibero-americano em investigação Qualitativa, 2017, Salamanca - Espanha. Anais 6º Congresso Ibero-americano em investigação Qualitativa, 2017.

Morais, G.S.N., Costa, S.F.G. (2009). Experiência existencial de mães de crianças hospitalizadas em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Rev Esc Enferm USP, 43(3): 639-46.

Neri-de-Souza, F., Costa, A. P., & Moreira, A. (2011). Análise de Dados Qualitativos Suportada pelo Software WebQDA. In Atas da VII Conferência Internacional de TIC na Educação: Perspetivas de Inovação (pp. 49–56). Braga: CHALLANGES2011. Retrieved from: https://www.webqda.com/analise-de-dados-qualitativos-suportada-pelo-software-webqda/

Passos, L.C.A., Kotzias, A.S.., Evanguelia, O.M.B., Stein, M.T.B., Costa, R. (2017). Referência e contrarreferência do bebê egresso da unidade neonatal no sistema de saúde: percepção de profissionais de saúde da Atenção Primária. Revista de Escola Anna Nery, 21(2): 1-7.

Perini, C., Seixas, M.C., Catão, A.C.S.M., Silva, G.D., Almeida, V.S, Matos, P.B.C. (2014). Banho de ofurô em recém-nascidos no alojamento conjunto: um relato de experiência. Revista de pesquisa e cuidado é fundamental Online. 6(2): 785-92. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2851

Rego, J.D. (2002). Aleitamento materno: um guia para pais e familiares. São Paulo: Atheneu.

Rodrigues, Z.C. & Costenaro, R.G.S. (2001). Atuação do enfermeiro e equipe multiprofissional no centro de terapia intensiva: um estudo fundamentado na teoria de Wiedenbach In: Costenaro RGS. Cuidando em enfermagem: pesquisas e reflexões. Santa Maria: UNIFRA.

Silva, H.L., Bezerra, F.H.G., Brasileiro, I.C. (2017). Avaliação de materiais educativos direcionados para o desenvolvimento neuropsicomotor da criança. Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza, 30(3): 1-6.

Vargas, M.M., Paixão, E.J., Cruz, A.M.C., Oliveira, J,S & Matos, R.T.D. (2005). Um estudo da interação mãe-bebê em UTI neonatal. Relatório Final de pesquisa pela Universidade Tiradentes.




DOI: https://doi.org/10.14571/brajets.v11.n2.275-285



Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ