Study on the application of simulators to support andragological process in continuing training of professionals

Antonio Valerio Netto

Abstract


In Brazil, for both private and public security (municipal, state and federal), the justifications for training using simulators based on Virtual Reality (VR) immersive and no immersive have not yet been enough to become popular and gain acceptance without the need for a force of federal law. In situations where there is a perception of the importance of continuous training, it is still faced with costs, usage culture, methodology, logistics, etc. In view of this negative situation, the purpose of the article was to study the subject and to understand what actually prevents the use of RV simulation for the training of professionals in the area of security. With the support of the FAPESP PIPE High-Tech Entrepreneurial Training program, it was possible to conduct field research and conduct unstructured interviews with security professionals. For this was applied an approach called "Get out of the building" coined by entrepreneur Steve Blank. With this you can better understand what the main pains and difficulties, as well as how to improve the chances of technology being accepted by the security area.

References


ALVES, D. O emprego da realidade virtual no treinamento policial para o enfrentamento de criminosos com ênfase nos chamados encontros mortais: uma abordagem baseada na teoria geral de sistemas, Doctoral dissertation, Universidade Federal de Santa Catarina. 2014. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2018.

BECK, C. Fluxo de Aprendizagem Andragógica. Andragogia Brasil, 2017. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2018.

BLANK, S. The startup owner's manual: The step-by-step guide for building a great company. BookBabym, 2012.

BLANK, S. Why the lean start-up changes everything. Harvard business review, 91(5), 63-72, 2013.

CHAN, S. Applications of andragogy in multi-disciplined teaching and learning. Journal of adult education, v. 39, n. 2, p. 25-35, 2010.

DALL'AGNOL, R. P.; PIRES, E. A.; SANTOS, S.; MACHADO; G. J. C.; RUSSO, S. L. Mapeamento tecnológico de patentes de simuladores de tiro. Cadernos de Prospecção, 9(1), 70, 2016.

DUARTE, R. Pesquisa qualitativa: reflexões sobre o trabalho de campo. Cadernos de pesquisa, 115(1), 139-54, 2002.

FENAVIST. V ESSEG – Estudo do setor de segurança privada. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2018.

FERREIRA, R.; ABBAD, G.; DO PRADO, C.; MURCE, P. P. Avaliação de necessidades organizacionais de treinamento: o caso de uma empresa latino-americana de administração aeroportuária. REAd - Revista Eletrônica de Administração, 15(2), 2009.

FÓRUM BRASILEIRO. Anuário Brasileiro de Segurança Pública. 2016. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2018.

FURUIE, L. M. A. Melhoria na segurança pública com treinamento continuado do policial militar em estande de tiro modelo. 2013. Disponível em: . Acesso em: 13 mar. 2018.

GOMES, P. A Simulação nos Desafios do Futuro para a Operacionalidade das Forças de Segurança: o seu Emprego na Guarda Nacional Republicana. 2016. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2018.

HARYANI, S.; PRASETYA, A. T.; PERMANASARI, A. Developing Metacognition of Teacher Candidates by Implementing Problem Based Learning within the Area of Analytical Chemistry. International Journal of Science and Research (IJSR), Volume 3 Issue 6, June, pp.1223-1229, 2014.

KWAN, C. Y. What is Problem-Based Learning (PBL)? It is magic, myth and mindset. Centre for Development of Teaching and Learning, August, Vol. 3 No. 3, 2000.

KNOWLES, M. S. The modern practice of adult education - From Pedagogy to Andragogy. Cambridge Adult Education, 1980.

LACOMBE, B. M. B.; TONELLI, M. J. O discurso e a prática: o que nos dizem os especialistas e o que nos mostram as práticas das empresas sobre os modelos de gestão de recursos humanos. Revista de administração contemporânea, 5(2), 157-174, 2001.

MATTOS, L. C. A entrevista não-estruturada como forma de conversação: razões e sugestões para sua análise. Revista de Administração Pública - RAP, 39(4), 2005.

NETO, D.; MARIA, J. O uso do simulador de tiro na formação e adestramento do agente de segurança da presidência da república. 2015. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2018.

OLIVEIRA, M. Simulador de abordagem, Revista FAPESP, n. 229, Disponível em: . 2015. Acesso em: 03 mar. 2018.

PASSOS, C. A.; SILVA, M. H.; MÓL, A. C.; CARVALHO, P. V.; LIMA, F. A.; ROCHA, T. L. Uso de simulador virtual para treinamento de agentes em ações de proteção radiológica em grandes eventos. 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 mar. 2018.

PEREIRA, C. M. G. Realidade virtual como ferramenta para treino policial: desenvolvimento de um simulador para treino de tiro ao alvo, Master's thesis, Universidade de Aveiro, 2014. Disponível em . Acesso em: 20 mar. 2018.

PINHEIRO, E. B.; GOMES, G. A.; COUTINHO, E. F.; VIDAL, C. A.; NETO, J. B. C. Requirements for Development of a Low Cost Portable Simulator for Shooting Skill Training. In Virtual and Augmented Reality (SVR), pp. 234-238, IEEE, 2016.

PINTO, P. R. P. Treino de tiro: análise de situações de treino em contexto policial, Doctoral dissertation, Universidade da Beira Interior, 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2018.

REIS, A. V.; GONÇALVES, B.; GARCIA, F. L. S. Um Estudo em Interfaces Tangíveis: Avaliação de Usabilidade de um Simulador de Armas de Fogo. Human Factors in Design, 3(5), 4-22, 2014.

ROCHA, H. M.; LEMOS, W. D. Metodologias ativas: do que estamos falando? Base conceitual e relato de pesquisa em andamento. IX Simpósio Pedagógico e Pesquisas em Comunicação. Resende, Brasil: Associação Educacional Dom Boston, 12, 2014.

ROCHA, E. F. Os dez pressupostos andragógicos da aprendizagem do adulto: um olhar diferenciado na educação do Adulto. 2014. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2018.

ROSA, A. J. P. D. O emprego da realidade virtual no treinamento policial para o enfrentamento de criminosos com ênfases nos chamados encontros mortais: uma abordagem baseada na teoria geral de sistemas. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2018.

ROSA, A. J. P.; PAVANATI, I. A utilização da realidade virtual e aumentada na formação dos policiais militares em Santa Catarina. Revista Ordem Pública, 7(2), 37-51, 2015.

SANDES, W. F. Uso não-letal da Força na Ação Policial: Inteligência, Pesquisa, Tecnologia e Intervenção Sócio-Educativa. Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 24, 2007.

SILVA, L. J. S.; MIZDAL, T. B.; NETTO, L. F.; FRAZZON, A. T. A.; SCHARDONG, G. G., POZZER, C. T.; PASSOS, E. B. Arquitetura para o desenvolvimento de um Ambiente de Simulação de Tiro, Proceedings do XII Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2018.

TORI, R.; KIRNER, C.; SISCOUTTO, R. A. Fundamentos e tecnologia de realidade virtual e aumentada. Editora SBC, pp. 2-21, 2006.

VALERIO NETTO, A. et al. Gestão de pessoas altamente qualificadas em pequenas empresas de base tecnológica, RAM. Revista de Administração Mackenzie, 7(3), 2006.

VALERIO NETTO, A. Development of a security training system based on interactive multimedia. Revista IEEE América Latina, São Paulo, v. 4, n.5, p. 379-384, 2006.

VALERIO NETTO, A. Application of Interactive Technology for Training in the Security Area. In Virtual and Augmented Reality (SVR), XVII Symposium, pp. 127-132, 2015.

VALERIO NETTO, A. Aplicação de simuladores de realidade virtual e problem based learning para o treinamento de profissionais da área de segurança. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, v. 7, p. 1-16, 2018.

XAVIER, F. M. A importância da formação na mudança de paradigmas no uso da força. Cadernos Temáticos da Conseg. 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2018.

ZANETIC, A. Segurança privada: características do setor e impacto sobre o policiamento. Revista Brasileira de Segurança Pública, ano, 3, p. 134-151, 2009.

ZANETIC, A. Policiamento, segurança privada e uso da força: Conceito e características descritivas. Dilemas: revista de estudos de conflito e controle social, v. 6, p. 411-433, 2013.




DOI: https://doi.org/10.14571/brajets.v14.n1.29-37

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Licensed under :

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

----------------------------------------------------------------------

Indexing, Scientific Societies and Directories

Logo CAPES Logo periodicos.CAPES Logo Google Scholar

Logo GIF Logo Latindex Logo BASE Logo PKP

Logo DIADORIM Logo IBICT Logo SIS

Logo Gaudeamus Logo ROAD Logo DOAJ